Volante de R$82 milhões é vendido e rende muito dinheiro ao Cruzeiro

Um dos raros destaques do Cruzeiro em 2019, no assombroso ano do rebaixamento, o volante Éderson, mesmo depois de deixar o clube, trará um significativo retorno financeiro para a Raposa no segundo semestre. Isso porque a Atalanta, da Itália, acertou com a Salernitana a compra do atleta por 15 milhões de euros, algo em torno de R$82,86 milhões.

Por ter participado da formação do volante, tendo em vista o dispositivo da Fifa, nomeado mecanismo de solidariedade, o Cruzeiro tem o direito a 0,79% do valor. Portanto, a equipe mineira vai receber cerca de R$650 mil com a negociação. 

Por onde andou Éderson?

Éderson foi revelado pelo Desportivo Brasil, esteve no Cruzeiro entre 2018 e 2020. O atleta deixou a Raposa logo após o rebaixamento. Vale destacar que o volante chegou a acionar o clube estrelado na Justiça, mas, após acordo, foi liberado para acertar com o Corinthians.

Pela Raposa, o volante disputou 26 jogos e marcou dois gols. No alvinegro paulista, Éderson atuou em 2020, teve uma passagem apagada, apesar de importante, mas foi emprestado ao Fortaleza, onde fez um excelente campeonato em 2021.  

No início deste ano, o atleta foi negociado com a Salernitana. Pela equipe italiana, fez 15 partidas, anotou dois gols e uma assistência. Éderson, no final da temporada, ajudou o time a evitar o rebaixamento no campeonato. Nesta transação, o Cruzeiro teve direito a R$310 mil.

Vale destacar que, antes de se transferir oficialmente para a Atalanta, o nome de Éderson foi especulado no Paris Saint-Germain, no final da temporada passada. Mas a negociação não progrediu muito, ficando apenas no que era ventilado pela mídia local.  

Na Atalanta, clube que ficou em oitavo lugar no último Campeonato Italiano, o jogador brasileiro, que teve a negociação oficializada nesta semana, usará a camisa com o número 13.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.