Nova profissão do Goleiro Bruno deixa brasileiros com água na boca

O goleiro Bruno, preso em 2010 condenado pela morte da modelo Eliza Samúdio, ex-namorada e mãe do seu filho, Bruninho, está afastado do futebol e teve nova profissão revelada. Com surpresa para todos que acompanharam o caso na época, as tarefas exercidas pelo ex-jogador, de 39 anos, deixaram todos de queixo caído.

Bruno, que está em liberdade condicional após cumprir pena pelo assassinato de Eliza Samudio, está apostando nos negócios, tendo aberto recentemente uma loja de açaí. Em uma entrevista concedida ao Canal Nação Urubu 81 no ano seguinte, Bruno explicou sua decisão de abrir a loja, tentando recomeçar a vida depois do erro criminoso contra a ex-namorada.

O ex-goleiro Bruno foi condenado a 23 anos e um mês por homicídio, ocultação de cadáver, sequestro e cárcere privado de Eliza. Ele foi para o regime semi-aberto em 2018 e está em liberdade condicional desde janeiro de 2023. Aos 39 anos, ainda tentou retornar aos gramados, mas não teve sucesso, sendo rechaçado por clubes.

Marcelo Moreno disse não ao Real Madrid

Em entrevista ao podcast Denílson Show, Marcelo Moreno revela que recebeu oferta do Real Madrid quando tinha 18 anos, após ser o artilheiro da Copa Libertadores pelo Cruzeiro. Com grande desempenho, o atacante boliviano foi sondado por outros equipes da Europa.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Eu cheguei voando no Cruzeiro, fazendo gols, fui goleador da Libertadores com 18 anos, mas fomos eliminados para o Boca Juniors de Riquelme e Palacios. Mas, mesmo assim, fui o artilheiro da Libertadores e isso me dá uma moral, no qual eu recebo cinco propostas da Europa”, revelou o ex-jogador, que pendurou as chuteiras no começo de abril de 2024.

Comentários estão fechados.