Fabrício. Foto: Reprodução.

Ídolo do Cruzeiro comparece ao jogo, mas sofre grande perda

A vitória do Cruzeiro em cima da Ponte Preta, na tarde da última quinta-feira (16), no Mineirão, foi assistida de perto por mais de 58 mil torcedores celestes. Um deles bem conhecido da Nação Azul. Trata-se do ex-volante Fabrício, que foi ao Gigante da Pampulha para prestigiar o bom momento da Raposa. 

No entanto, apesar de uma linda festa e um resultado importantíssimo para a Série B do Brasileiro, a tarde de ontem ficou marcada também por uma situação indesejável. Enquanto fazia fotos com a torcida na esplanada do estádio, o ídolo cruzeirense teve o celular roubado.

Entenda como foi o caso

Fabrício foi ao estádio acompanhado do filho, o jovem Benício, e do amigo Rodrigo Genta. Em um momento no qual o jogador atendia atenciosamente a torcida celeste, que o pedia fotos e autógrafos, o ex-volante percebeu que teve o seu aparelho celular roubado, ainda na entrada do estádio.

Através de uma rede social, o ídolo cruzeirense comentou sobre o acontecido e disse lamentar a atitude de certas pessoas. “O dia tinha tudo para ser perfeito, mas acabaram roubando meu celular no meio do tumulto. O Benício ficou chateado. A maioria das pessoas é de bem. A gente vai curtir o jogo”, disse.

Ainda de acordo com Fabrício, os próprios torcedores cruzeirenses se desculparam pela atitude de algumas pessoas. “Os próprios torcedores vieram falar comigo que esses não são torcedores, são caras que vêm para fazer sacanagem mesmo, roubar. Isso é uma vergonha. Mas a gente não vai deixar estragar esse dia não”, prosseguiu. 

Por fim, o ex-meio-campista, com todo carisma e identificação que tem com o clube e com a torcida celeste, usou as redes sociais para se desculpar com alguns cruzeirenses, os quais ele não conseguiu dar a devida atenção.

“Peço até desculpas a algumas pessoas, porque na hora que percebi, fiquei chateado, meu filho ficou chorando, não quis tirar foto, acabou a alegria do momento, mas passou. Vamos continuar a festa. Vim aqui para fazer a alegria de alguns torcedores que sempre me pedem, que querem tirar foto comigo. Vida que segue”, concluiu Fabrício.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.