Equipe de Ronaldo faz milagre e Cruzeiro pode ganhar até R$30 milhões

Em dezembro de 2021, o Cruzeiro tinha pouco menos de 10 mil sócios-torcedores. Passou-se o tempo, Ronaldo assumiu a SAF da Raposa, tornando-se dono de 90% das ações do clube. O desempenho em campo melhorou vertiginosamente, e a torcida abraçou o projeto do Fenômeno. Hoje, o time mineiro trabalha com a meta de alcançar 70 mil associados.

De acordo com Lênin Franco, diretor de negócios do Cruzeiro, se as projeções foram de fato concretizadas, a Raposa terá o programa de sócio mais rentável do Brasil, podendo faturar R$30 milhões por ano. Atualmente, o clube mineiro soma mais de 62 mil associados.

As contas em azul?

Ronaldo já ressaltou, mais de uma vez, o papel fundamental da torcida para manter as contas urgentes do clube em dia, como salários de atletas e funcionários. Além do programa de sócio, a receita que o Cruzeiro tem gerado com jogos no Mineirão também contribui para o cenário.

Lênin Franco, em entrevista ao Superesporte, corroborou com a perspectiva do Fenômeno. “Se a gente chegar aos 70 mil sócios, a gente vira a maior arrecadação de sócio do Brasil, com quase R$30 milhões/ano. Óbvio que a gente não fica com isso líquido, porém, isso contribui muito para pagar a folha salarial”, revelou.

O valor médio do programa de sócio torcedor celeste é de R$40 e, de acordo com Lênin, que já teve experiência em clubes como Bahia e Botafogo, o preço é maravilhoso para a Raposa. “Estamos com um ticket bem alto”, disse o dirigente.

Atualmente, o Cruzeiro tem um média de crescimento de cerca de 105 adesões por dia. Se mantiver esse parâmetro, a meta de alcançar os 70 mil sócios deve ser batida em menos de três meses. No entanto, Ronaldo trouxe um novo desafio para os torcedores celestes.

O gestor espera que o programa alcance 100 mil associados em caso de acesso à Série A do Brasileiro. “A meta é voltar para a primeira divisão. Aí, são 100 mil sócios, no mínimo. Aí, esquece! Voltaremos a ser gigantes novamente. Temos muito trabalho pela frente, mas temos que pensar grande”, disse o Fenômeno.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.