Drama familiar de Di María pode facilitar vinda do jogador ao Brasil

Reviravolta! Ángel Di María desistiu da ideia de voltar ao futebol argentino no meio do ano para atuar pelo Rosário Central, clube que o revelou. O jogador tem contrato assinado com o Benfica até junho de 2024 e, como mencionado, estava disposto a voltar ao seu país natal durante a próxima janela internacional de transferências.

No entanto, segundo o jornal portugês O Jogo, o meia atacante desistiu da ideia. Isso porque, de acordo com o diário, a família de Di María sofreu uma grave ameaça de bandidos na última segunda-feira (25), na cidade de Rosário, interior da Argentina.

Di María desiste de voltar à Argentina

Diversos veículos da imprensa local revelaram que uma bolsa com uma mensagem assustadora foi atirada no condomínio no qual vivem parentes do craque. A mensagem era clara e aterrorizante.

“Diga ao seu filho Ángel que nunca mais volte a Rosário, porque senão mataremos um familiar. Nem Pullaro [governador da província de Santa Fé] irá salvar. Nós não atiramos papéis, damos tiros para matar”, afirma o bilhete.

O chefe de segurança do condomínio afirmou que foram ouvidas quatro explosões antes que um carro disparasse em alta velocidade após atirar um pacote preto com a mensagem.

Após o ocorrido, o Rosário Central emitiu uma nota oficial condenando o caso e repudiando a ação dos envolvidos. O clube pediu a investigação das autoridades locais para que os criminosos sejam presos. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O fato é que, com a ameaça, Di María buscará um novo destino no futebol. O Brasil, claro, é um deles, já que o craque argentino será sondado por diversos clubes. A outra opção seria renovar com o Benfica e, além disso, o meia despertou atenção de algumas equipes da MLS, dos Estados Unidos.

Comentários estão fechados.