Cruzeiro vai disputar a “Série B” da Libertadores em 2024

O Cruzeiro está de volta ao cenário continental de clubes após cinco anos que esteve presente em uma competição internacional. A saber, foi na Libertadores de 2019, quando o clube celeste foi eliminado nas oitavas de final para o River Plate, nos pênaltis, no Mineirão. 

Em seguida, o Cruzeiro enfrentou o período mais sombrio de sua história, com três anos na Série B do Brasileirão. Porém, conquistou o acesso em 2022 e, na temporada do ano passado, assegurou uma vaga na Copa Sul-Americana. O torneio continental terá início nesta terça-feira (2). 

Vale dizer que a Sul-Americana de 2024 já pode ser considerada a mais difícil de toda a história. Para se ter uma ideia, o torneio contará com grandes equipes do continente, como Boca Juniors, Corinthians, Internacional, Racing e, é claro, o Cruzeiro. A título de comparação, esses clubes somam juntos 11 títulos da Libertadores. 

Além da história e da tradição das camisas, essas equipes contam com altos investimentos no mercado e com nomes de peso nos elencos. Em outras palavras, a Sul-Americana de 2024 tem tudo para entrar para a história. 

Quando será a estreia do Cruzeiro na Sul-Americana?

A estreia do Cruzeiro na Sul-Americana acontecerá nesta quinta-feira (4), às 21h, fora de casa, contra a Universidad Católica, do Equador. Vale dizer que Nicolás Larcamón deve fazer algumas mudanças no time, tendo em vista a final do Campeonato Mineiro contra o Atlético-MG, a ser disputada no domingo (7), às 15h30, no Mineirão.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ainda em tempo, de acordo com Paulo André, braço direito de Ronaldo na gestão da SAF do Cruzeiro, o elenco celeste tem totais condições de brigar pelo título da Sul-Americana. Vale dizer que, com a saída precoce na Copa do Brasil, o torneio continental se tornou uma prioridade para a Raposa no ano.

Comentários estão fechados.