Cruzeiro não é o único gigante brasileiro com chances de cair

O Cruzeiro está na zona de rebaixamento do Brasileirão, corre risco de cair para a Série B novamente, mas não é o único gigante do futebol nacional em risco. Depois de empatar com o Galo na Neo Química Arena por 1 a 1, nesta quinta-feira (9), o Corinthians se complicou na competição e pode se despedir da elite em breve.

Com 33 jogos disputado, o Corinthians está em 14° com 41 pontos e vive situação preocupante, já que o time não vem conseguindo jogar bem sob o comando de Mano Menezes. De acordo com dados da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Timão tem 8% de chance de ser rebaixado, mas como os adversários diretos Vasco e Cruzeiro possuem jogos a menos, a probabilidade tende a aumentar.

Bahia e Santos, que também estão lutando contra a queda, jogaram na rodada e embolaram a tabela. O clube baiano perdeu por 3 a 0 para o Cuiabá na Fonte Nova, enquanto o Peixe ganhou do Goiás por 1 a 0, em Goiânia. O América, lanterna da competição, já teve o rebaixamento matematicamente confirmado, enquanto o Coritiba tem 99% e pode cair neste sábado. Veja as % a seguir.

Veja as probabilidades de rebaixamento de cada time:

  • América-MG – 100%
  • Coritiba – 99,9%
  • Goiás – 84,8%
  • Bahia – 49,7%
  • Vasco – 32,7%
  • Cruzeiro – 19,2%
  • Corinthians – 7,5%
  • Santos – 3,9%
  • Internacional – 1,4%

O Cruzeiro volta a campo neste sábado, 11 de novembro, contra o Coritiba, pela 34° rodada do Brasileirão, às 16 horas, na Vila Capanema. Com 37 pontos, uma vitória da Raposa pode tirar a equipe da zona de rebaixamento, que atualmente está na 17° colocação.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Comentários estão fechados.