Cruzeiro aciona carta na manga e terá vantagem contra o Sport na Série B 2022

Se tem uma coisa que não falha, pelo menos no futebol, é a lei. Emprestado pelo Cruzeiro ao Sport, o meio-campista Giovanni Piccolomo desfalcará a equipe pernambucana no duelo contra a Raposa, nesta terça-feira (28), às 21h30, no Mineirão, pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. 

Com isso, o Cruzeiro não sofrerá com a implacável lei do ex. O atleta levou o terceiro cartão amarelo durante o empate do Sport com o Brusque, por 0 a 0, no último sábado. Giovanni, no entanto, não poderia entrar em campo contra o Cruzeiro por questões contratuais do empréstimo.

Desfalques e reforços para a decisão

Se, por um lado, o Sport não poderá contar com Giovanni, e nem com o técnico Gilmar Dal Pozzo, demitido no domingo (26), o auxiliar que comandará o jogo terá o retorno de três importantes atletas ao time pernambucano. 

O zagueiro Rafael Thyere e o lateral-direito Ezequiel, titulares da equipe, e o atacante Ray Vanegas cumpriram suspensão contra o Brusque e voltam ao time diante do Cruzeiro.

O Cruzeiro terá a volta do volante Neto Moura, que não pôde atuar diante do Fluminense, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, por já ter defendido o Mirassol nas fases iniciais do torneio mata-mata. 

Além disso, a Raposa contará com um importante aliado: o seu torcedor. São esperados para a decisão de terça, talvez a mais importante do ano até agora, cerca de 40 mil cruzeirenses. 

Para a partida diante do Sport, a diretoria celeste não abriu a venda de ingressos para dois setores no Mineirão, cada um com capacidade de abrigar 10 mil torcedores, por conta do custo gerado. 

O Cruzeiro lidera a Segunda Divisão, com 31 pontos de 39 possíveis. O Sport é o quinto colocado, com 21. Caso a Raposa vença, a diferença aumentará para 13 pontos. O clube mineiro ainda tem um jogo a menos. 

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.