Alexandre Mattos esfrega as mãos para fechar contratação que deixará Pedro Lourenço atingir seu objetivo no Cruzeiro

O executivo Alexandre Mattos, CEO de Futebol do Cruzeiro, chegou ao clube para a sua segunda passagem junto do empresário Pedro Lourenço, que comprou a SAF Celeste de Ronaldo Fenômeno e vem esfregando as mãos para poder fechar contratação que é o objetivo principal do clube no primeiro semestre de 2024.

Sabendo da necessidade de qualificar o elenco de Fernando Seabra, Mattos recebeu o aval de Pedro Lourenço para realizar contratações e mira jogadores de alto nível para subir o patamar da equipe. Depois de contratar Cássio e fechar as compras de João Marcelo e Matheus Pereira, a Raposa mira a contratação de Yerry Mina, que está em final de contrato no Cagliari, na Itália.

O Cruzeiro tem o zagueiro como o próximo alvo para reforçar o time na janela de transferências de julho e já tem reunião marcada com o staff do zagueiro para começar as negociações. O jogador atuou no Palmeiras em 2016, contratado por Alexandre Mattos e foi campeão do Brasileirão. Nos Estados Unidos se preparando para disputar a Copa América, Mina tem ofertas na mesa e colocou grande concorrência para a Raposa.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Aos 29 anos, Mina está aberto a receber ofertas, mas tem como focar continuar na Europa. A família do jogador está adaptada ao Velho Continente e não deseja retornar a América do Sul neste momento. Mattos quer arranjar outro zagueiro para ser o parceiro de João Marcelo e não vai medir esforços para a Raposa.

Na Europa, Yerry Mina defendeu Barcelona (Espanha), Fiorentina (Itália) e Everton (Inglaterra) após deixar o Palmeiras.

Comentários estão fechados.