Adeus: Ex-técnico do Cruzeiro, Abel Braga anuncia aposentadoria como treinador

Abel Braga. Taí um personagem histórico para o futebol. Mesmo aqueles que não acompanham a fundo o esporte já ouviram este nome e sabem que se trata de um multicampeão. O eterno ídolo do Internacional e Fluminense anunciou sua aposentadoria como técnico e se despediu, por ora, do campo. 

O profissional, de 69 anos, comentou sobre a decisão de deixar o cargo de treinador de futebol, revelou os motivos e quais serão os próximos passos na carreira. De acordo com Abel, as viagens constantes foram o principal fator para dar adeus à carreira como treinador.

Das vitórias ao adeus

O último trabalho de Abel Braga à frente de uma equipe de futebol foi no Fluminense. Ele acertou sua saída com o clube em 28 de abril de 2022. No comando do Tricolor das Laranjeiras, Abel conquistou, nesta passagem, o Campeonato Carioca. Título que o time não ganhava desde 2012. 

Conduto, após campanhas fracas nas fases preliminares da Libertadores e da Sul-Americana, Abel foi desligado do Fluminense, em conversas de comum acordo. Desde então, ele estava sem clube, apenas aproveitando a vida adoidado. 

Durante sua entrevista ao GE, Abel Braga comentou sobre a sequência exaustiva de jogos no Brasil, e atribuiu às viagens constantes o principal motivo para abandonar a carreira de treinador de futebol. Vale destacar que em 2006 ele conquistou o título mundial com o Inter. 

“Todo mundo reclama do número de jogos, que é muito grande. Não só o corpo, o mental também. Mas eu não estava aguentando mais esse número de viagens. Estou com outra cara, não estou?”, brincou ao falar sobre seu dia-a-dia após quase dois meses de inatividade.

A passagem de Abel Braga no Cruzeiro teve início em 27 de setembro de 2019, um dia após a demissão de Rogério Ceni. O treinador chegou com o objetivo de apaziguar a situação do vestiário e evitar o rebaixamento. Não conseguiu nem uma coisa nem outra. 

Em 14 jogos sob o comando de Abel Braga, o Cruzeiro ganhou apenas três, empatou oito e perdeu três, com 10 gols marcados e 11 sofridos. O aproveitamento foi de 40,7%.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.