Aconteceu mesmo! Ronaldinho Gaúcho firma novo acordo milionário com o Galo

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho, que está aposentado dos gramados desde 2018, foi um dos protagonistas do Galo na campanha da Libertadores de 2013 e é um dos maiores ídolo da história do clube, mas tinha mágoa por valores em aberto da época e um novo acordo milionário foi feito nos últimos dias, que prometem encerrar os problemas.

Os termos da composição das dívidas foram apresentados à Justiça em 27 de março, onde Ronaldinho ainda tem direitos de imagem não quitados da época em que estava na equipe mineira. O acordo é válido para pagar os valores não cumpridos em outro acordo feito em 2021, onde o ex-jogador teria direito a R$ 6,2 milhões, a serem pagos em 31 parcelas de valores distintos, mas o clube não cumpriu a partir de novembro de 2022.

Em fevereiro de 2023, Sérgio Felício Queiroz, advogado de Ronaldinho e também representante da Planet Invest, empresa do atacante, paga exigir o pagamento dos R$ 4,4 milhões que ainda estavam sem quitação. Com isso, o novo acordo prevê pagamento de R$ 4.195.912,23, a serem pagos em quatro parcelas de R$ 1.048.978,05. A primeira tinha vencimento para 10 de abril e foi quitada normalmente.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

As outras têm vencimento em 10 de maio, 10 de junho e 10 de julho. O acordo prevê multa de 10% sobre o valor de cada parcela em caso de inadimplência em prazo superior a 10 dias corridos do vencimento. Ronaldinho jogou no Galo entre 2012 e 2014, com 88 jogos disputados, conquistando um Campeonato Mineiro (2013), uma Copa Libertadores (2013) e uma Recopa Sul-Americana (2014).

Comentários estão fechados.