Shakhtar Donetsk está querendo desfalcar a bela zaga do Cruzeiro ainda em 2024

O Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, pode acabar dificultando os objetivos do Cruzeiro na temporada de 2024, que vem investindo pesado em contratações na gestão de Pedro Lourenço, vai fazer de tudo para terminar o Brasileirão bem na tabela e campeão da Copa Sul-Americana. Com janela de transferências perto de abrir, a equipe europeia está interessado em joia da Raposa.

O zagueiro Pedrão, destaque do sub-20 do Cruzeiro, está na mira do Shakhtar Donetsk. A equipe vem fazendo sondagens ao defensor, que já esteve no time profissional da Raposa, mas efetivamente é da categoria inferior. Considerado com grande qualidade, Pedrão tem personalidade de líder e é visto internamente como um promessa do clube.

Olheiros do Shakhtar acompanharam in loco a partida da Raposa sub-20 contra o São Paulo, em maio. Na ocasião, Pedrão marcou um dos gols da vitória do time mineiro por 4 a 3. O defensor tem contrato com a Raposa até junho de 2025, não teve acordo de renovação, o que pode facilitar uma negociação com a equipe ucraniana.

De acordo com informações de bastidores, a tendência é que Alexandre Mattos convoque a família e o staff de Pedrão nas próximas semanas para começar as negociações para uma renovação contratual. Além do Shaktah, outras equipes da Europa já demonstraram interesse em uma contratação, sendo algumas delas por empréstimo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Matheus Pereira teve compra confirmada por Pedro Lourenço

Em entrevista nesta sexta-feira (7), Pedro Lourenço confirmou que o Cruzeiro já tem um acordo verbal para comprar o meia Matheus Pereira do Al-Hilal, da Arábia Saudita. O jogador tem contrato de empréstimo até 30 de junho de 2024 e vem sendo o destaque da equipe na temporada.

“O Cruzeiro já chegou em um acordo verbal para permanência do Matheus Pereira. Falta ele assinar, tudo que ele pediu nós concordamos sem ter condição, mas nós concordamos porque achamos que ele é importante.”, disse Pedrinho. A negociação vai girar na casa dos R$ 30 milhões por 50% dos direitos econômicos do meia brasileiro.

Comentários estão fechados.