Salário atual de Philippe Coutinho poderia desequilibrar as contas do Cruzeiro novamente

O meia Philippe Coutinho, que está jogando atualmente no Al-Duhail, do Catar, emprestado pelo Aston Villa e quer retornar ao Brasil, estando na lista de contratações do Cruzeiro, mas salário astronômico pode ser um impeditivo do negócio e se resolverem seguir poderia desequilibrar as finanças da Raposa, que vem sendo organizadas nos últimos anos.

Com conversas avançadas junto ao Vasco da Gama, Coutinho está dando preferência ao clube carioca, mas pode ouvir proposta do Cruzeiro. O meia recebe US$ 615 mil por mês, o que na conversão representa cerca de R$ 3 milhões na cotação atual. O Cruzeiro não está pagando valores próximos a nenhum jogador, já que o maior salário do elenco é o de Matheus Pereira, na casa dos R$ 1 milhão ao mês.

O meia de 31 anos tem colocado a questão financeira em segundo plano e aceita reduzir consideravelmente seu salário atual para defender o Cruzmaltino. Formado na base do clube e torcedor de infância, Coutinho dificilmente vai aceitar ofertas de outras equipes se os valores oferecidos pelo Vasco forem bons.

Thiago Neves revelou maior arrependimento no Cruzeiro

Em entrevista, o meia contou que o maior arrependimento foi ter ido ao show Tardezinha, do cantor Thiaguinho, que aconteceu em Belo Horizonte nas semanas finais da Raposa contra o rebaixamento em 2019. A notícia da ida caiu como uma bomba na torcida e internamente no vestiário, apontado como uma das últimas causas para a queda.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Era um ‘Tardezinha’ (show do cantor Thiaguinho). Na hora que eu fui embora, comecei a receber mensagens, fotos. Meus amigos falando: ‘Já tem vídeo seu rolando’. Aí, já bateu o arrependimento de ‘o que eu vim fazer aqui?”, disse Thiago Neves.

Comentários estão fechados.