Ricardo Rocha abre o jogo sobre problemas com Cruzeiro e equipe de Ronaldo

Desde quando Ronaldo Fenômeno se tornou novo gestor da equipe em dezembro do ano passado, com a compra de 90% das ações da SAF Cruzeiro por R$400 milhões, sua equipe tem realizado diversos cortes na folha salarial.

Não só os atletas como outros funcionários do clube acabaram dispensados da equipe celeste.

Integrante da equipe do ex-treinador Vanderlei Luxemburgo, Ricardo Rocha, foi um dos que sofreram com as rescisões. Após acionar o clube na justiça, o ex-jogador abriu o jogo sobre sua relação com o Cruzeiro e criticou a gestão de Ronaldo.

“Eu torço pelo Ronaldo, torço pelo Cruzeiro, conheci uma torcida maravilhosa. Senti um pouco de mágoa porque nos deixaram na mão, o Cruzeiro me mandou colocar na Justiça, porque eles falaram que a gestão do Ronaldo ia conversar comigo e ninguém me ligou”, disse Ricardo em entrevista ao Arena SBT.

Ricardo Rocha na Justiça contra o Cruzeiro

O ex-jogador e sócio majoritário do Cruzeiro Esporte Clube, Ronaldo Fenômeno, não assume uma missão fácil em sua nova posição como responsável pelo clube mineiro.

Realizando seu terceiro ano na Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro, a Raposa ainda possui uma dívida bilionária e passa por um de seus piores momentos, em 101 anos de história.

No dia 11 de janeiro Ronaldo concedeu sua primeira entrevista como gestor do clube, e explicou a delicada situação financeira da instituição.

“O Cruzeiro tem que gastar somente aquilo que arrecada. O cenário hoje é bem complicado, com receitas de até os próximos dois anos já antecipadas e já gastas, então encontramos um cenário trágico no clube, mas temos que cuidar. O Cruzeiro é um paciente em estado grave, na UTI”.

Para piorar, Ricardo Rocha e Maurício Copertino, auxiliar de Vanderlei Luxemburgo, entraram na longa lista de cobrança do clube.

Desta vez, Maurício cobra R$ 564,027,45. Valor refente aos salários atrasados e pagamento de multa devido a rescisão contratual. Copertino recebia R$ 68.000 de salário na Toca da Raposa.

Os valores pedidos por Ricardo Rocha estão em sigilo na justiça, desta forma não há detalhes sobre a quantia acionada pelo ex-diretor técnico.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.