Regra da Conmebol pode deixar o Cruzeiro sem reforços de peso

O Cruzeiro vem trabalhando nos bastidores para realizar contratações de peso focado no segundo semestre de 2024, quando vai disputar o mata-mata da Sul-Americana e a fase decisiva do Brasileirão, mas regra incomoda da Conmebol pode deixar a Raposa sem a possibilidade de usar as novas peças. Fazendo grandes investimentos, o valor pode não ser revertido dentro de campo de imediato.

Até o momento o Cruzeiro fechou as contratações de Cássio, Jonathan Jesus, Fabrízio Peralta, Kaio Jorge e Lautaro Diáz e ainda pensa em outros nomes. No final de 2023, a Raposa entregou lista com 50 nomes para a entidade com os 50 nomes inscritos para a competição. Segundo regulamento da Conmebol para as competições de 2024, os clubes podem mudar cinco nomes para as oitavas de final.

Com isso, se novos nomes chegarem até a janela, o Cruzeiro vai precisar definir as prioridades e terá que deixar nomes novos de fora. Passando de fase, a situação estaria resolvida, já que cada time poderá substituir até três jogadores da lista anterior. Para a semifinal a situação é a mesma, onde outros três nomes poderão ser trocados.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O Cruzeiro vai enfrentar nas oitavas de final o vencedor do Playoff E, disputado entre Independiente del Valle e Boca Juniors. A fase está marcada para acontecer apenas em agosto, quando o elenco do Cruzeiro após as contratações deve estar concluído. O Cruzeiro volta a campo nesta quarta-feira (19) para enfrentar o Fluminense, no Mineirão, às 21h30, pela décima rodada do Brasileirão de 2024.

Comentários estão fechados.