Pedrinho BH quase “caiu da cadeira” ao descobrir os salários dos jogadores

O empresário Pedrinho BH, dono da SAF do Cruzeiro desde o final de abril, vem aumentando os investimentos no time de futebol para dar mais qualidade ao técnico Fernando Seabra, mas tomou susto e quase caiu da cadeira ao descobrir os salários dos jogadores do elenco. Em entrevista recente, o investidor falou com certa indignação dos valores.

Em entrevista recente, Pedrinho revelou quando ganha de salário nas suas empresas e aproveitou para revelar o salário do CEO do Cruzeiro, Gabriel Lima, em situação que não caiu bem internamente. Lima está de saída do clube e aguarda apenas definição de questões burocráticas para se desligar. “Eu trabalho na minha empresa e tenho a retirada de R$ 200 mil. Jogador quer ganhar R$ 2 milhões, eu estou meio embaralhado com esse negócio e para acostumar não é fácil não”, disse Pedrinho em entrevista.

Ainda na declaração, contou que Gabriel Lima tem vencimentos na casa dos R$ 150 mil. “Por exemplo, o CEO do Ronaldo aqui no Cruzeiro ganha R$ 150 mil. Eu tenho a retirada na empresa e o cara ganha mais do que eu”, disse Pedrinho, que prometeu aportar R$ 100 milhões no clube até o final de 2024 e já investiu mais de R$ 70 milhões em compras de jogadores.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Se negando a entrar em negociações ruins, Pedrinho disse que vem se acostumando a realidade do futebol. “Eu não vou entrar nessa ciranda, nessa briga, que não tiver dentro da nossa realidade. Eu não vou desfalcar meu negócio para colocar no Cruzeiro para fazer bonito. Vamos fazer a coisa consciente, com o pé no chão, é o mais importante”, completou.

Comentários estão fechados.