Não veio treinar o Cruzeiro quando era a hora e terminou como primeiro demitido do Brasileirão 2024

O Brasileirão 2024 começou há um mês, teve apenas oito rodadas disputadas e o primeiro treinador já foi demitido há algum tempo. Negando proposta do Cruzeiro, que garantiria mais estabilidade, o técnico Thiago Carpini foi mandado embora do São Paulo pela falta de resultados e agora está desempregado. Perdendo grande chance, agora está vendo a Raposa contratar grandes jogadores.

Thiago Carpini foi demitido do comando do São Paulo após a derrota para o Flamengo, por 2 a 1, no Maracanã, na segunda rodada do Brasileirão. O técnico de 39 anos estava pressionado no cargo e chegou a ser vaiado pelos torcedores no jogo de estreia, que terminou com vitória do Fortaleza em pleno estádio do Morumbis, em São Paulo.

Após a demissão de Zé Ricardo, ainda em 2023, o Cruzeiro procurou Thiago Carpini, que estava no Juventude, mas o treinador não aceitou a oferta, sem ter tido proposta oficial. O técnico continuou no Juventude, até aceitar o desafio do São Paulo após a saída de Dorival para a Seleção Brasileira.

“Se eu tivesse uma proposta do Cruzeiro, talvez você não estaria nem me ligando aqui para perguntar, porque eu já teria talvez até resolvido ela. Se eu tivesse hoje uma situação do Cruzeiro, com certeza eu veria de maneira muito positiva.”, disse Carpini na época das sondagens.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ainda na declaração, o treinador enfatizou a grandeza do Cruzeiro. “Um time do tamanho do Cruzeiro, o projeto que está caminhando. Este ano teve algumas dificuldades, mas no final conseguiu o objetivo da permanência. Agora acho que a cada ano a tendência é evoluir, melhorar esse aspecto, a condição de trabalho, conheço a cidade, conheço o clube, não tem como se falar do Cruzeiro, mas eu não tive proposta.”

Comentários estão fechados.