Mesmo sendo amigos, Pedrinho decidiu agir bem diferente de Ronaldo no Cruzeiro

Ronaldo Fenômeno foi o dono do Cruzeiro por pouco mais de dois anos. O ex-atacante do Brasil chegou ao clube em dezembro de 2021 e ficou no cargo de mandatário celeste até abril deste ano, quando veio a público confirmar a venda de 90% das ações da equipe ao empresário Pedro Lourenço. 

Os valores finais da negociação não foram confirmados pelas partes. No entanto, especula-se que o novo dono do Cruzeiro tenha acertado a compra das ações por R$ 600 milhões. O fato é que, de lá para cá, o clube mudou a sua postura nos bastidores. 

Como se sabe, o Cruzeiro está mais audacioso em suas contratações: anunciou a chegada de Cássio e está prestes a confirmar o acerto em definitivo com o atacante Kaio Jorge, que pertence à Juventus. No entanto, não é só dentro de campo que a postura tem sido outra. 

Pedrinho adota postura inversa de Ronaldo no Cruzeiro

Uma das principais críticas da torcida celeste quanto a Ronaldo Fenômeno era a falta de identificação com os profissionais responsáveis por tocar o projeto no Cruzeiro. De certo modo, isso mudou da água pro vinho. 

Pedrinho, por sua vez, tem anunciado contratações em cima de contratação de profissionais ligados ao Cruzeiro. As ações mais recentes nesse sentido, que ainda não foram oficializadas, são as chegadas do ex-volante Fabrício e do ex-zagueiro Célio Lúcio para compor o grupo que cuida das categorias de base, que, inclusive, agora é coordenada por Adilson Batista. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Um pouco antes disso, o Cruzeiro já havia acertado a contratação de Edu Dracena como diretor técnico do elenco profissional e a volta de Alexandre Mattos, agora para ser o CEO de futebol da Raposa.

Comentários estão fechados.