Matheus Henrique não esperou pelo Cruzeiro e assinou outro vínculo no Brasil

O Cruzeiro está interessado na contratação do volante Matheus Henrique, da Sassuolo, da Itália, de 26 anos, que quer retornar o Brasil, mas viu o jogador queimar a largada, não esperar a concretização das negociações e fechar outra vínculo no país. Com princípio de acordo para ser comprado por 6 milhões de euros (cerca de R$ 37 milhões), Matheus Henrique divulgou nas redes sociais que casou e está com vínculo firmado para sempre.

A cerimônia de casamento aconteceu no último sábado (15), quando o volante já tinha dado o ok para um primeiro acerto com a Raposa. “15/06/2024 Uma data que ficará sempre em nossas memórias, o dia do SIM dela. Tenho tanto orgulho do que nos tornamos, e sempre com a certeza de que estamos trilhando um lindo caminho, de amizade, companheirismo, de muito amor e alegria. Obrigado por ter escolhido caminhar ao meu lado, e saiba que sempre estarei ao seu, te amo muito.”, publicou nas redes sociais.

De acordo com informações apuradas, uma reunião com a Sassuolo vai acontecer nesta semana que pode selar a negociação. “Os italianos do Sassuolo vão receber lá no país ainda nesta semana o staff do volante Matheus Henrique pra dar sequência nas tratativas sobre uma negociação com o Cruzeiro. O empresário Fábio Mello estará acompanhado do CEO do Futebol, Alexandre Mattos. Eles embarcam esta noite pra Itália”, publicou Samuel Venâncio.

O clube mineiro chegou a um princípio de acordo com o jogador e está aguardando a liberação do Sassuolo, que foi rebaixado no Campeonato Italiano e precisa negociar jogadores para reorganizar o orçamento. A venda deve girar em 6 milhões de euros (R$ 34 milhões, pela cotação atual). Matheus Henrique está na equipe desde 2021 após ser comprado pelo Grêmio por 10 milhões de euros.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A Raposa fechou até o momento as contratações de Cássio, Jonathan Jesus, Fabrízio Peralta, Kaio Jorge e Lautaro Diáz, além de ter feito as compras de João Marcelo e Matheus Pereira.

Comentários estão fechados.