Lembra? Cruzeiro eliminou Fluminense em 2019 com show de Thiago Neves

Após uma saída conturbada do Cruzeiro, com direito ao áudio que virou meme, Thiago Neves não nutre um afeto positivo da torcida mineira. No entanto, é inegável que o atleta já deixou bonitas páginas escritas dentro de campo. Uma delas, justamente, contra o seu ex-clube, o Fluminense, na Copa do Brasil de 2019, já no ano do rebaixamento. 

Naquele ano, Cruzeiro e Fluminense se enfrentaram também nas oitavas de final. No jogo de ida, no Maracanã, 1 a 1. O time mineiro vencia o duelo até os instantes finais, no entanto, aos 48 minutos do segundo tempo, no apagar das luzes, o Tricolor chegou ao empate.

No duelo de volta, diante de uma torcida celeste ainda esperança, que não sabia o que estaria por vir, o Cruzeiro conseguiu a classificação nos pênaltis, após empatar com o Fluminense por 2 a 2 no Gigante da Pampulha. 

Relembre o duelo, uma das últimas lembranças positivas de Thiago Neves

Certamente foi um jogo emocionante. O Fluminense abriu o placar com um gol de Paulo Henrique Ganso, ainda no primeiro tempo. Na volta do intervalo, o Cruzeiro conseguiu a virada com dois gols de Thiago Neves, um de cabeça e outro de pênalti. 

Em um cenário típico de Mano Menezes, que, à época, comandava a Raposa, o Cruzeiro conseguiu segurar o resultado até os acréscimos. Novamente João Pedro balançou as redes no apagar das luzes, mas, dessa vez, com um golaço de bicicleta. 

O jovem atacante caminhava de costas para a meta de Fábio e, ainda assim, conseguiu projetar o corpo e acertar o tempo da bola, marcando um belíssimo gol pelo Fluminense. Nas cobranças de pênaltis, 3 a 1 para o Cruzeiro, que avançou de fase. 

Um fato curioso é que João Pedro, autor do gol que levou a decisão para as penalidades máximas, perdeu a sua cobrança, defendida por Fábio, hoje goleiro do Fluminense. 

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.