Jornalista bate o martelo e crava novos reforços do Cruzeiro

Com a proximidade da abertura da segunda janela de transferências do ano pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o Cruzeiro espera ir ao mercado para trazer reforços pontuais para o restante da temporada. O técnico Pezzolano, por exemplo, já expôs à diretoria quais posições seriam desejáveis

Para o comandante uruguaio, há, pelo menos, três carências posicionais do Cruzeiro. A primeira delas ficou clara e evidente na última partida da Raposa diante do Fluminense, pela Copa do Brasil. Trata-se de um atacante de beirada, velocista, capaz de dar o desafogo rápido em um contra-ataque. Jajá era essa peça, mas se lesionou. 

Comentaristas concordam com Pezzolano?

Além de um atacante rápido, Pezzolano também quer um zagueiro experiente para compor o elenco e fazer frente com os titulares, e um meio-campista armador, ou, como gostam de falar por aí, um camisa 10, para dar liga ao time, e conectar precisamente as peças ofensivas. 

Durante o programa Rádio Esportes, os comentaristas Alexandre Simões e Léo Figueiredo analisaram o atual elenco celeste para saber se há, de fato, tantas necessidades em novas contratações

No entanto, sabe-se que a SAF de Ronaldo não trará muitos jogadores nesta janela. O próprio Pezzolano foi informado que o Cruzeiro buscará no mercado “dois ou três nomes”, mas que os jogadores estarão dentro do modelo implantado pelo uruguaio na equipe celeste. 

Para Léo Figueiredo a busca por contratações pontuais está coerente com a campanha do Cruzeiro neste ano. A Raposa é líder da Série B e, de acordo com o jornalista, está com a classificação à elite do futebol nacional ‘muito bem encaminhada’.

Ainda conforme o comentarista esportivo, o melhor caminho para o Cruzeiro seria a contratação de nomes pontuais para qualificar o time titular e não peças para compor elenco.

“Se o Ronaldo conseguir trazer uns dois ou três caras bons (para assumir posição), o Cruzeiro, mais do que nunca, finca o seu pé na Série A”, cravou Léo Figueiredo. 

A janela de transferências, a segunda do ano, será aberta pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em 18 de julho, e se encerra em 15 de agosto.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.