Foz do Iguaçu surpreende e anuncia ex-técnico do Cruzeiro

O mercado da bola brasileiro segue sendo o principal assunto dos últimos meses. Aliás, vale lembrar que o Cruzeiro tem sido um dos clubes mais ativo nos bastidores. Para se ter apenas uma ideia, a diretoria já anunciou a contratação do goleiro Cássio e está muito perto de confirmar Kaio Jorge. 

O atacante, inclusive, chegou a Belo Horizonte nesta quinta-feira (6). Na capital mineira, passará por exames médicos e testes físicos na Toca da Raposa e, se aprovado, assinará por cinco temporadas com o Cruzeiro. Não custa dizer que ele estava na Juventus, da Itália. 

Ex-técnico do Cruzeiro anunciado pelo Foz do Iguaçu

No entanto, nem só de chegadas se faz o Cruzeiro no mercado. Algumas saídas também estão sendo anunciadas pelo clube. Uma delas foi a do técnico Adriano Souza, que comandou o time Sub-17 celeste por pouco mais de dois meses. O treinador pediu demissão para aceitar um novo desafio. 

Adriano Souza foi anunciado pelo Foz do Iguaçu como novo técnico para a sequência da Divisão de Acesso do Paranaense. Ele assume a vaga deixada por Zé Roberto, que aceitou o convite do ex-meia Alex, ídolo do Cruzeiro, para ser auxiliar técnico no Antalyaspor, da Turquia.

“A expectativa é a melhor possível para fazer uma grande recuperada, ir em busca dos pontos necessários para construir a classificação e quem sabe conseguir esse acesso”, disse Adriano.

Adriano Souza iniciou sua trajetória como preparador físico do Náutico, tanto no sub-20 quanto no time profissional, antes de se tornar treinador. Ainda no Náutico, ele trabalhou com as categorias sub-15, sub-17 e sub-20 do clube pernambucano. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Posteriormente, atuou como coordenador técnico das categorias de base do Vasco da Gama e, desde março, estava no Cruzeiro. Sua estreia como treinador será contra o Laranja Mecânica no sábado, às 18h30 (horário de Brasília), em Arapongas, pela sexta rodada. O Foz está na sexta posição, com apenas seis pontos, quatro a menos que a zona de classificação para a semifinal.

Comentários estão fechados.