Fluminense provoca o Cruzeiro após eliminar a Raposa na Copa do Brasil 2022

O que seria da poesia sem a licença poética? Fatalmente, o mesmo do futebol sem a saudável rivalidade, isto é, nada! Após garantir sua classificação para as quartas de final da Copa do Brasil, o Fluminense, que superou o Cruzeiro por 3 a 0 no Mineirão, não deixou escapar a oportunidade de provocar o rival. 

Apesar da goleada, o jogo, em sua grande parte do tempo, foi equilibrado. Tanto assim que os três gols da vitória do Tricolor saíram no segundo tempo, e Fábio, eterno ídolo celeste que hoje veste as cores do Fluminense, foi um dos destaques positivos da partida. E foi justamente com o goleiro que o clube carioca aproveitou para alfinetar a Raposa. 

O reencontro com o Mineirão

Através de uma de suas redes sociais, o Fluminense compartilhou um agradecimento especial pela atuação de Fábio. O goleiro passou o jogo sem sofrer gols e fez intervenções importantes durante a partida, tanto quando o jogo estava 0 a 0, quanto em uma bola do Cruzeiro logo após o gol do Tricolor. Seria o empate celeste quase que instantâneo.

Na publicação, o Fluminense reverenciou Fábio com as seguintes palavras. “Obrigado, Fenômeno!”, em referência ao dono da SAF do Cruzeiro, Ronaldo, que, ao assumir a gestão da Raposa, não renovou o contrato com o goleiro. A favor da verdade, Rafael Cabral, apesar de ter sofrido os gols, fez uma boa atuação.

Antes da bola rolar, Fábio foi ovacionado pelos cruzeirenses, que levavam consigo camisas do ídolo celeste. Mas, durante o jogo, a torcida mineira, subitamente, vaiou o goleiro em todos os lances em que ele tocava na bola. 

Vale destacar que Fábio, na hora dos gols, não celebrou, pelo menos não com tanto entusiasmo exposto. Eterno ídolo celeste, o goleiro defendeu a meta estrelada por 16 anos. Com mais sucessos do que fracassos, ele deixou o clube em janeiro. 

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.