Diz que sim, mas… Matheus Henrique não prefere jogar no Cruzeiro

O Cruzeiro tinha negociações encaminhadas para contratar o volante Matheus Henrique, da Sassuolo, para qualificar o meio de campo do técnico Fernando Seabra, mas foi surpreendido nesta segunda-feira (17) ao ficar sabendo que o jogador prefere atuar por outro clube, deixando o Cabuloso de lado. As negociações indicavam compra dos direitos por volta dos 6 milhões de euros (cerca de R$ 37 milhões), mas que não deve acontecer.

Em negociação com o Cruzeiro, o meio-campista Matheus Henrique, revelou ter como prioridade a permanência na Europa. O jogador está no Velho Continente desde 2021, quando foi vendido pelo Grêmio por cerca de R$ 50 milhões.

“Se eu pudesse escolher, eu quero ficar no futebol europeu. Principalmente na Liga Italiana. Já estou adaptado com a liga, cultura, idioma, comida. Obviamente, se vier: ‘Premier League, você não vai?’. Não, óbvio que eu vou. Mas esse processo tem que passar de novo. Você teria que passar de novo, mas na Inglaterra”, revelou Matheus Henrique em entrevista.

Aos 26 anos, Matheus Henrique está de saída da Sassuolo, que foi rebaixada na Série A Italiana e precisa cortar custos para organizar o elenco da próxima temporada.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Mas eu, meu pai, o Fábio Mello e o Gabriel, que cuidam da minha carreira, óbvio que não descartamos. Aqui, no Brasil, também tem grandes clubes. Um exemplo, aqui tem São Paulo, Flamengo, Grêmio, Palmeiras, Cruzeiro, Atlético… Esses times te procurarem, devido à proporção, é como uma Lazio, um Napoli. São clubes gigantes”, finalizou o volante.

Comentários estão fechados.