Camisa criada por torcedor do Cruzeiro foi descartada pelo clube

Torcedor do Cruzeiro, o rapper Sidoka desenhou camisa especial para o clube, que de início topou lançar o modelo, mas acabou sendo descartada. A ação inesperada da diretoria surpreendeu os torcedores, que ficaram empolgados com a possibilidade de ter um modelo especial projetado por um cruzeirense, fugindo dos padrões lançados pela Adidas.

Em entrevista no final de 2022, Sidoka contou que ainda tem esperanças de que o clube tire da gaveta um dia o projeto. “Engavetaram o processo. O ‘quem’ é foda. Eu não sei quem pôs na gaveta, porque eu até cheguei a fazer o design. Está vendo esse símbolo (marca do álbum ‘Futuruz’)? É o meu símbolo. Eu fiz uma camisa do Cruzeiro, que era azul clarinha, e esse símbolo por toda a blusa, com os patrocinadores do clube. Mandei o projeto para eles, e foi igual a música do Tim Maia: ‘Nunca mais voltou'”, contou o cantor.

A ideia surgiu depois que uma música criada por torcedores do Atlético-MG viralizou. “Quero fazer um bagulho diferente. Falaram comigo para fazer uma música para o Cruzeiro. Falei: ‘Não, vou fazer uma camisa’. E foi aí que engavetaram o meu projeto. Mas fica esperto, hein papai, que eu vou piar (aparecer) aí, porque sei onde é o marketing (do clube). Não (estou triste). Eu sinto que daqui a pouco vai sair a blusa”, finalizou o músico.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Sem nunca esconder a paixão pelo clube, Sidoka é torcedor ferrenho e na entrevista precisou provocar os torcedores do Galo. Na época, o Cruzeiro ainda estava na Série B. “Vou não. Estou com alguns panos de chão novinho lá em casa, não precisa não (risos). Um beijo para a torcida do Galo. Eu sou cruzeirense, não tem como, eu vou defender meu time até o final. Não tem como não”, finalizou.

Comentários estão fechados.