Atacante Walter recebia salário incrível para jogar no interior gaúcho

O atacante Walter, famoso na década passada no futebol brasileiro por se destacar pela forma física apresentada dentro de campo, está em outro momento da carreira, vem atuando por clubes de menor expressão e recebia salário incrível para atuar em campeonatos com menos relevância. No auge, Walter teve passagem discreta pelo Cruzeiro.

Aos 34 anos, Walter vinha atuando pelo Pelotas, do Rio Grande do Sul, mas pediu quebra do contrato após entrar em discussão pesada com os torcedores. A situação aconteceu após um pênalti perdido pelo centroavante, que influenciou na eliminação do time durante as quartas de final da Divisão de Acesso. 

De acordo com informações de bastidores, Walter recebia salários na casa dos R$ 10 mil por mês, valor que o atacante abriu mão. Os valores estão longe dos praticados por equipes de Série A e B. Em nota oficial, o Pelotas confirmou que o jogador pediu para deixar o clube. “Em reunião com o presidente Rodrigo Brito, o centroavante Walter pediu para deixar o clube”, explicou o time do interior gaúcho.

Walter chegou ao clube em maio à equipe gaúcha com 123 kg, mas perdeu 15 kg em dois meses para tentar entrar em forma. Em entrevista ao jornal Estadão, o jogador revelou que recebe diariamente ofensas nas redes sociais. Eles me xingam de gordo, de baleia. É muito feio, complicado”, disse. “As coisas que eu escuto, se são outras pessoas, não aguentam. Minha vontade é xingar de volta, mas se eu fizer alguma coisa, sou o errado. Eles podem xingar, a gente não”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Comentários estão fechados.