Volante Henrique acerta tudo na Justiça e volta ao Cruzeiro

Há uma certa discussão entre torcedores do Cruzeiro sobre a idolatria do volante Henrique no clube. No entanto, o fato é que o meio-campista é um dos nomes mais importantes da história recente da Raposa. Para se ter apenas uma ideia, o jogador entrou em campo para defender as cores da camisa celeste em 524 jogos, entre abril de 2008 e outubro de 2020. 

O longo vínculo com o Cruzeiro, porém, terminou com um imbróglio judicial entre as partes, resolvido em agosto do ano passado. Quase um ano depois do acerto de contas, o volante voltou a vestir as cores da camisa estrelada na Toca da Raposa I. 

Henrique volta ao Cruzeiro

Henrique foi um dos ex-jogadores escolhidos pelo Cruzeiro para o jogo festivo de inauguração do campo “Dirceu Lopes”, em homenagem ao ex-meia e ídolo celeste. 

O centro de treinamento, vale dizer, abriga as categorias de base do Cruzeiro. Durante a inauguração do novo campo, ídolos de diferentes gerações se uniram e puderam ter um contato com os jovens que estão sendo formados pelo clube. 

Henrique, aliás, celebrou a oportunidade e fez questão de enaltecer a postura de Pedro Lourenço, dono da SAF do Cruzeiro. O empresário afirmou que não mediria esforços para trazer ídolos para perto. Tanto assim que, dentre os nomes anunciados para esta nova fase da Raposa estão o de Adilson Batista e o do ex-volante Fabrício. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ainda em tempo, vale lembrar que, com a camisa do Cruzeiro, Henrique foi bicampeão do Brasileirão e o capitão celeste na conquista do bicampeonato da Copa do Brasil. Além disso, conquistou por seis vezes o Estadual.

Comentários estão fechados.