Trâmites são finalizados e venda da SAF Cruzeiro é aprovada

Pedro Lourenço assumiu de vez o Cruzeiro no dia 29 de abril de 2024. A favor do fato, o empresário, que é dono da rede Supermercados BH, além de torcedor celeste, já era há muito um nome forte no clube. No entanto, agora, passa a ser o maior mandatário da Raposa

O fato é que a revenda do Cruzeiro por Ronaldo Fenômeno a Pedro Lourenço teve mais um passo até a conclusão oficial do negócio. Isso porque, em despacho publicado, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) emitiu parecer favorável pela aquisição de 90% das ações da SAF mineira. O valor da negociação foi ocultado no despacho. 

Nova SAF do Cruzeiro chegou com o pé na porta

Não custa lembrar que Ronaldo Nazário acertou a compra do Cruzeiro em dezembro de 2021 ao assinar um termo de intenção de compra no valor de R$ 400 milhões. Porém, cumpre destacar que apenas 50 milhões foram pagos à vista. Outros R$ 350 milhões viriam por investimento direto ou por incremento de receitas no clube, com contrato de patrocínios, parcerias ou venda de jogadores. 

Informações de bastidores dão conta de que a compra de 90% das ações da SAF mineira custou a Pedro Lourenço, ao todo, R$ 600 milhões, dos quais R$ 100 milhões já haviam sido aportados no clube no ano passado, R$ 150 milhões teriam sido depositados na assinatura do contrato e o resistente (R$ 350 mi) em parcelas ao longo dos próximos anos. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ainda em tempo, vale destacar que, desde a chegada de Pedro Lourenço ao clube, o Cruzeiro anunciou três contratações: o goleiro Cássio, o atacante Kaio Jorge e o centroavante Lautaro Díaz. Este último é esperado em Belo Horizonte na próxima semana para realizar exames e assinar por quatro temporadas com a equipe mineira. 

Comentários estão fechados.