Ronaldo dá coletiva e explica porque Fábio saiu do Cruzeiro

A saída do goleiro Fábio, do Cruzeiro, após 17 anos e mais de 900 partidas no clube foi o primeiro grande choque da gestão de Ronaldo com a torcida.

Em entrevista coletiva na Toca da Raposa II, nesta terça-feira (11), o ex-jogador e agora empresário falou pela primeira vez como dono dos 90% da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) e teve a oportunidade de abordar o assunto.

Em relação à saída do camisa 1, Ronaldo garantiu que o clube fez todo o esforço possível para manter o jogador e que o não de Fábio pegou a gestão de surpresa.

“Fábio foi e vai ser sempre um ídolo pro Cruzeiro e pra torcida cruzeirense. Nós diante do cenário atual fizemos um esforço muito grande para oferecer uma proposta decente a ele, respeitando a sua história no clube, a sua trajetória. E infelizmente durante a negociação, houve uma negativa por parte dele, o que também nos pegou de surpresa. Mas entendemos que todo o sacrifício que deveríamos ter feito, foi feito. E temos que virar a página, seguir adiante”

Após a saída de Fábio, o torcedor do Cruzeiro chegou a protestar na frente da Toca da Raposa II contra a gestão de Ronaldo. Entre as várias reclamações por parte da torcida, a principal delas foi sobre a maneira que o goleiro saiu, sem nem mesmo uma despedida à altura de sua história no clube.

“Todo esforço que a gente podia ter feito para manter o Fábio e oferecer a ele um período para ele se despedir da torcida, despedir da casa que foi sua, foi feito. Uma pena que não chegamos a esse acordo. O Cruzeiro é maior do que qualquer atleta, qualquer nome. O Cruzeiro tem que ser sempre o protagonista” Complementou Ronaldo.

Futuro Goleiro do Cruzeiro

Questionado a respeito de se o Cruzeiro já trabalha com nomes para a reposição na posição, Ronaldo informou que essa é uma questão que vem recebendo muita atenção da gestão.

“Estamos trabalhando com muitos nomes. A nossa equipe está trabalhando dia e noite pensando o melhor para o clube e com certeza encontraremos o melhor para o Cruzeiro”, finalizou.

É de conhecimento geral, e afirmado pelo próprio treinador, que Paulo Pezzolano, novo técnico da equipe, tem uma preferência por goleiros que tenham a característica de jogar com os pés.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.