Ronaldo abre o jogo sobre acordo entre Cruzeiro e Mineirão

De acordo com o UOL Esporte, o Cruzeiro já definiu sua casa para a Série B 2022. A Raposa possui o desejo de mandar seus jogos no Mineirão, estádio já conhecido por ser a casa do clube mineiro nos últimos anos.

No entanto, o novo gestor do clube, Ronaldo Fenômeno, em live realizada no canal 3 na Área, citou a renda dos camarotes do estádio como um empecilho para o acordo entre as partes. O ex-jogador aproveitou também para comentar sobre a qualidade do gramado.

“A gente quer jogar no Mineirão, mas a gente quer a renda do nosso espetáculo, do nosso jogo. Só que eles venderam todos os camarotes para este ano. Bom, mas eles venderam os camarotes, e se a gente não joga lá? Quem comprou o camarote vai ter o quê? A gente quer participar do lucro dos camarotes.

O gramado do Maracanã está espetacular. Eles fizeram um híbrido, com 10% de grama sintética, ficou sensacional. Queremos entender, também, o que o Mineirão pensa neste sentido. Em muitas épocas do ano, o gramado do Mineirão fica ruim, porque usa o Atlético, o Cruzeiro, enfim.”

Ronaldo e o Mineirão

Recentemente, o atual gestor do Cruzeiro, Ronaldo Fenômeno, criticou os custos para que a equipe possa atuar no Mineirão. Mas o clube já voltou a jogar no famoso estádio da capital mineira. O ídolo da Raposa comentou sobre as negociações ainda no começo deste ano.

“As negociações começaram muito ruins. O consórcio que administra o Mineirão tinha oferecido o estádio somente, e cobrava um absurdo para utilizar o estádio. Não era rentável. Eles já melhoraram muito em relação à nossa proposta, mas estamos emperrados em várias coisas.”

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.