Rival da Série B pode ficar com Ricardo Goulart e deixar Cruzeiro de mãos abanando

Eis a situação de Ricardo Goulart: o atleta rescindiu contrato com o Santos recentemente, mas, por já ter disputado o mínimo de sete jogos pelo Peixe na Série A do Campeonato Brasileiro, não poderá atuar por outro clube da elite do futebol nacional, por isso, ou o jogador será contratado por um time da Série B, ou tentará mercado no exterior. 

Sabe-se que o Cruzeiro demonstrou um interesse inicial na contratação de Ricardo Goulart. A equipe mineira fez contato para buscar algumas informações a respeito do atleta, como pretensões salariais e condicionamento físico. Entretanto, as conversas teriam parado por aí, e as negociações sequer se iniciaram. 

Tendo em vista a impossibilidade de Goulart atuar por um outro clube da elite do futebol brasileiro, outras equipes da Série B, além do Cruzeiro, estariam monitorando o atleta. O Bahia já fez um primeiro contato com o jogador. O Sport, por sua vez, corre por fora. 

Bahia, Cruzeiro e Sport, quem pode pagar? 

Um fator é unanimidade entre os clubes para travar as negociações: nenhum deles consegue arcar com os atuais parâmetros salariais de Ricardo Goulart. No Santos, por exemplo, o seu último clube, o atleta recebia mais de R$500 mil, algo fora da realidade para a Série B.

No Cruzeiro, por exemplo, o técnico Paulo Pezzolano e toda a sua comissão custam para o clube R$200 mil mensais. Portanto, para que as tratativas avancem, Ricardo Goulart terá que se moldar à realidade financeira dos clubes, abrindo mão de regalias e de altos vencimentos. 

O Bahia tem uma vantagem nessa corrida. Isso porque o empresário de Goulart, Paulo Pitombeira, foi um dos grandes entusiastas no processo de aquisição do clube pelo Grupo City. Ressalta-se, no entanto, que essa negociação ainda não foi oficializada, mas caminha para o acerto. 

Contudo, mesmo o time baiano tendo certa preferência, a vinda de Ricardo Goulart ao Cruzeiro não está descartada, apesar de as negociações nem sequer terem começado. O Sport também é uma opção. 

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.