Reviravolta acontece na Itália e medalhão pode desembarcar no Cruzeiro direto de seleção

O Cruzeiro está na Itália, em delegação liderada por Alexandre Mattos para contratar o volante Matheus Henrique, mas quer aproveitar a viagem e reviravolta por contratação de medalha pode fazer chegada acontecer direto da seleção. Tentando fechar com Yerry Mina, a Raposa pode fechar o negócio com o Cagliari e receber o zagueiro direto da Copa América.

Mina está nos Estados Unidos disputando a Copa América, que tem estreia para segunda-feira (24), contra o Paraguai. Podendo negociar enloco, Mattos vai tentar destravar as negociações com o zagueiro de 29 anos com o Cagliari. As conversas aconteceram de forma inicial a distância, mas a intenção é intensifica-las a partir de agora.

Em 2016, quando estava no Palmeiras, Mattos contratou Yerry Mina, em negociação longa e complicada.  O defensor era o grande destaque do Independiente Santa Fe, da Colômbia, reforçou o clube paulista e depois foi vendido ao Barcelona. Mina não teve a sequência esperada na equipe catalã e rodou por clubes de menor expressão na Europa.

De saída do Cagliari, com quem tem vínculo até o fim de junho, Mina ainda espera receber propostas do futebol europeu para definir seu futuro, mas está aberto ao mercado brasileiro. Depois de anunciar Jonathan, que veio do Ceará, o Cruzeiro tem como defensores: João Marcelo, Zé Ivaldo, Neris, Lucas Villalba e Pedrão.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O Cruzeiro volta a campo contra o Bahia no domingo (23), às 16h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador, pelo Brasileirão. Com 17 pontos, a Raposa está na sexta colocação.

Comentários estão fechados.