Presidente do América faz confissão sobre a saída de Martínez

O América-MG foi eliminado do Campeonato Mineiro na semifinal para o Atlético-MG, está se preparando para a Série B, que começa em abril, mas está trabalhando nos bastidores para montar o elenco e saber com quais jogadores vai poder contar. Em confissão inesperada, o presidente do clube comentou sobre a saída de Martínez, que foi alvo do Cruzeiro.

Após recusar proposta de R$ 11 milhões para vender o atacante ao Cruzeiro, Marcos Salum disse que o Cabuloso não desistiu do negócio e que o jogador quer deixar o Coelho. Em entrevista ao portal Tempo Sports, o dirigente contou que o centroavante tem demonstrado o desejo de deixar o clube.

“O Martínez não conversa comigo há uma semana, dez dias. Não é porque ele não queira conversar, eu também não quero conversar com ele. O empresário dele veio ao Brasil e me falou que o Cruzeiro apresentaria uma proposta até o fim dia (esta segunda-feira, 25), coisa que não aconteceu”, disse o presidente do América.

Ainda na declaração, Salum falou que o interesse do Cruzeiro diminuiu, mas ainda existe. Aos 29 anos, Martinez foi contratado para o América no meio de 2023 por 500 mil dólares. O dirigente afirmou que só vai negociar o jogador se a proposta for boa para o América.

“O interesse do Cruzeiro diminuiu, porém continua existindo, mas para se comprar o atleta na ‘bacia das almas’. Não estamos com pressa. O Martínez é um ativo que compramos e foi valorizado e só não foi negociado porque não jogou”, acrescentou Marcos Salum.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Sem fechar as portas para uma negociação, Salum afirmou ter ficado triste com o jogador pelo comportamento apresentado. O atacante vem deixando claro que não quer jogar a Série B em 2024.

“Se ele tivesse feito como o Mastriani (que foi para o Athletico-PR), já teria saído. O Martínez é mais valorizado que o Mastriani, apesar de não ser centroavante. É um grande jogador, mas se perdeu em promessas feitas a ele sem a devida negociação da forma correta. Ele já conversou conosco, já expusemos isso a ele”

Comentários estão fechados.