Pedro Lourenço ou Rubens Menin? Revelado o mais rico entre donos de Cruzeiro e Atlético

Cruzeiro e Atlético-MG estão sendo comandados e geridos pelas SAFs, que tem Pedro Lourenço e Rubens Menin como donos, onde as duas instituições sabem que os empresários possuem patrimônios bilionários e grande capacidades de aportarem dinheiro na contratação de jogadores caros e consagrados. Revelação recene mostrou qual dos dois é mais rico.

Pedro Lourenço, investidor do Cruzeiro, é dono da Rede de Supermercado BH, uma das maiores do Brasil, com faturamento super bilionário, enquanto Rubens Menin, investidor do Galo, é dono da construtora MRV e do Banco Inter, que também são um dos maiores do Brasil nos segmentos. Atuando em ramos diferentes, os dois empresários possuem grande sucesso e estão no comando das equipes.

De acordo com informações do Lance, Pedro Lourenço tem fortuna estimada em R$ 7,5 bilhões, onde a rede de supermercados BH teve faturamento de R$ 17,3 bilhões no ano passado, sendo a quinta maior rede do Brasil, que tem o Carrefour na liderança, com R$ 113 bilhões em 2023. Veja lista.

  1. Carrefour: R$ 115,458 bilhões
  2. Assaí Atacadista: R$ 72,875 bilhões
  3. Mateus Supermercados: 30,245 bilhões
  4. GPA – Extra e Pão de Açúcar: R$ 20,617 bilhões
  5. Supermercados BH: R$ 17,388 bilhões
  6. Irmãos Muffato & Cia.: R$ 15,658 bilhões
  7. Grupo Pereira: R$ 13,196 bilhões
  8. Cencosud Brasil Comercial: R$ 11,18 bilhões
  9. Mart Minas: R$ 9,436 bilhões
  10. Koch Hipermercado: R$ 7,996 bilhões

De acordo com a lista da Forbes 2024, a fortuna de Rubens Menin é de US$ 1,9 bilhão (cerca de R$ 9,5 bilhões), superando Pedro Lourenço em R$ 2 bilhões. Os dois estão entre os mais ricos do Brasil, apesar da participação nos clubes serem diferentes, já que Pedrinho detém 90% da SAF do Cruzeiro, enquanto a divisão do Galo é diferente, onde Rubens Menin e seu filho, Rafael Menin, são donos de 41,8%.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

SAF do Atlético

  • Rubens e Rafael Menin: 41,8%
  • Associação: 25%
  • Galo Forte FIP: 20,2%
  • Ricardo Guimarães: 6,3%
  • FIGA (ainda a pagar): 6,7%

SAF do Cruzeiro

  • BPW Sports (Pedro Lourenço): 90%
  • Associação: 10%

Comentários estão fechados.