Parceria entre Cruzeiro e Mineirão ultrapassa 275 mil em 2023

O Cruzeiro não está tendo bons resultados no Mineirão em 2023, que ainda não venceu no estádio neste ano, mas parceira está sendo um sucesso entre os torcedores. Somando todas as partidas da Raposa como mandante no Gigante da Pampulha, mais de 275 mil torcedores já compareceram ao estádio.

Até o momento são três empates e quatro derrotas no Mineirão, com aproveitamento pífio de 19% como mandante. A falta de resultados coloca o Cruzeiro como um dos piores mandantes do Brasileirão, que só venceu jogando no Independência e em Sete Lagoas.

Com 275 mil torcedores nas arquibancadas ao longo das sete partidas, a maior parte delas aconteceu na partida contra o Fluminense, que teve mais de 51 mil pagantes. O menos público foi contra o Fortaleza, com apenas 28 mil.

  • Fluminense: 51.846
  • Grêmio: 41.090
  • Fortaleza: 28.494
  • Botafogo: 44.759
  • Corinthians: 36.202
  • Bragantino: 29.417
  • América: 44.279
  • Total: 276.087

Em entrevista recente, o CEO do Cruzeiro, Gabriel Lima, afirmou que o Cruzeiro está perto de fechar acordo com a Minas Arena, administradora do Mineirão. “Estamos na reta final (das negociações) para assinar um acordo de três anos de fidelidade com o Mineirão. O Cruzeiro é o único clube que vai jogar no Mineirão a partir de agora. As coisas estão se ajustando. A relação não é simples, é complexa, mas a tendência é que esse negócio seja pacificado ao longo do tempo”, disse Gabriel Lima, CEO do Cruzeiro.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A Raposa volta a campo apenas no dia 14 de outubro, contra o Cuiabá, pela 26° rodada do Brasileirão, na Arena Pantanal. Com 30 pontos, o Cabuloso é 12° na tabela, quatro pontos a mais que o Vasco da Gama, primeiro time na zona de rebaixamento.

Comentários estão fechados.