“Novo” Messi e “novo” Ronaldo Fenômeno deixaram o Cruzeiro e Chelsea acionou empresários

Ao longo da história, o Cruzeiro sempre foi conhecido nacionalmente por ser um bom celeiro de craques no futebol brasileiro. Basta lembrar, por exemplo, que o clube revelou ninguém mais ninguém menos que Ronaldo Fenômeno para o mundo. 

No entanto, ao longo dos últimos anos, as categorias de base da Raposa foram deixadas de lado. Para se ter apenas uma ideia, o Cruzeiro perdeu duas das maiores joias do Brasil em um passado não muito distante. 

Cruzeiro perdeu MUITO dinheiro com isso

A começar por Vitor Roque. O atacante deixou o clube em abril de 2022 e acertou sua ida ao Athletico Paranaense. A negociação girou em torno de 24 milhões, valor da multa rescisória do jovem na época.

Pouco mais de um ano depois de deixar o Cruzeiro, Vitor Roque foi vendido ao Barcelona em um acordo que pode gerar 400 milhões de reais ao clube paranaense.

No entanto, como mencionado, Victor Roque não foi a única joia a deixar o Cruzeiro neste passado recente. Antes dele, a Raposa já havia perdido o atacante Estevão, apelidado de ‘Messinho’ durante a sua passagem pelas categorias de base Celeste.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Após ter seu nome envolvido em falcatruas da gestão de Itair Machado, Estevão deixou o Cruzeiro e acertou sua ida ao Palmeiras, onde assinou seu primeiro contrato profissional. Nesta Temporada, o jovem tem ganhado destaque prestígio com Abel Ferreira e entrou na mira de gigantes europeus.

Um detalhe interessante é que o Chelsea esteve interessado em Vitor Roque e é, no momento, o time mais perto de fechar a contratação de Estevão. A multa rescisória do jovem é de 45 milhões de euros (R$ 246 milhões).

Comentários estão fechados.