Negócio que renderia bolada ao Cruzeiro é cancelado entre rivais da Série A

O Cruzeiro está de olho no mercado da bola em busca de reforços para o elenco de Fernando Seabra. A expectativa é para uma janela deveras movimentada na Toca da Raposa, com a chegada de pelo menos seis contratações para disputarem pela titularidade no time. 

No entanto, a diretoria do Cruzeiro também está atenta ao vai e vem dos clubes brasileiros e pode acabar recebendo uma bolada com algumas negociações. Uma delas, inclusive, envolve um Cria da Toca.

Cruzeiro perdeu a chance de abocanhar uma bolada

A saber, trata-se do jovem meio-campista Maurício, do Internacional. De antemão, vale lembrar que o jogador foi negociado pela gestão de Sérgio Santos Rodrigues com o Colorado. À época, o time celeste cedeu o jovem, aceitou William Pottker como moeda de troca e recebeu apenas R$ 1 milhão. 

Agora, Maurício é considerado um dos principais ativos do Internacional, Recentemente, inclusive, a diretoria colorada recebeu uma investida do Palmeiras, mas recusou. A intenção do clube é ter o jogador pelo menos até o final do ano. 

Uma fonte interna ligada ao Internacional afirmou que a oferta do Palmeiras esteve em torno de 14 milhões de euros, isto é, cerca de R$ 77,8 milhões na cotação atual. Acontece que o Colorado só detém 50% do passe de Maurício e, portanto, receberia apenas a metade do valor. O restante dos direitos está dividido entre Desportivo Brasil (20%), Cruzeiro (25%) e o próprio atleta (5%).

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O intuito do Internacional é lucrar entre 8 e 10 milhões de euros com a venda do jogador, isto é, algo entre R$ 44,3 e R$ 55,6 milhões por 50% do passe do atleta. 

Comentários estão fechados.