Não bastasse Cássio, Cruzeiro quer trazer outro Campeão Mundial

O Cruzeiro está prestes a confirmar a contratação do goleiro Cássio. Ídolo do Corinthians, o arqueiro se despediu do clube paulista e é esperado em Belo Horizonte nesta semana para fazer exames e, logo em seguida, assinar contrato com a Raposa. O vínculo será válido por três temporadas. 

Acontece que as investidas do Cruzeiro no mercado da bola não vão se encerrar em Cássio. Aliás, muito pelo contrário. O goleiro será apenas a primeira contratação da equipe na janela de julho. De acordo com informações de Samuel Venâncio, a diretoria mineira trabalha com a ideia de trazer seis reforços. 

A saber, um goleiro, um zagueiro, um primeiro volante, dois atacantes de beirada e, de quebra, mais um centroavante. Todos os reforços devem chegar para disputar pela titularidade com Fernando Seabra. Vale dizer que a janela será aberta no dia 10 de julho. 

Cruzeiro não para em Cássio e quer trazer outro Campeão Mundial

Além de Cássio, o Cruzeiro estaria interessado na contratação de um outro Campeão Mundial de 2012 pelo Corinthians. Trata-se do experiente volante Paulinho, que não deve renovar contrato com a equipe alvinegra. 

Paulinho tem contrato assinado apenas até junho deste ano e, no momento, uma renovação não está sendo discutida pelo clube paulista. Aos 35 anos, o meio-campista pode ser o próximo ídolo a deixar o Corinthians em 2024. 

A informação sobre o interesse do Cruzeiro em Paulinho foi revelada pelo jornalista Bruno Andrade, do Uol. De acordo com o profissional, as conversas foram em tom de sondagem e especulação e, portanto, nenhuma proposta foi apresentada. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A próxima partida do Cruzeiro na temporada será no dia 30 de maio, uma quinta-feira, no Mineirão, contra o Universidad Católica de Quito, pela última rodada da fase de grupos da Sul-Americana. A Raposa precisa da vitória para garantir a vaga direta nas oitavas de final do torneio.

Comentários estão fechados.