Há anos sem jogar, ex-Cruzeiro revela drama após perda do filho

A torcida do Cruzeiro está vendo antigo jogador do clube revelar grande drama após perda do filho, ficando longe dos gramados e atualmente desempregado. Ex-atacante do Cruzeiro, Keirrison está fora do futebol desde maio de 2018, quando entrou em campo pela última vez com a camisa do Londrina. Da época até agora, vem superando drama familiar que causou dores mentais.

Em 2015, quando pertencia ao Coritiba, Keirrison chorou a morte do filho Henri Lucca Buss Carneiro, de dois anos. Tratando uma possível virosa, o quadro clínico piorou, sofreu paradas cardíaca e respiratória e morreu duas horas depois da internação.

“Foi bem difícil, é algo que a gente passou muito tempo… não falo que a gente tentou buscar entender. Mas, de certa forma, a gente ficou um pouco vazio no sentido de compreensão das coisas, sabe? Mas entendendo, vivendo um luto difícil, como você citou, algo que não está na forma, mas acontece, não é só conosco, aconteceu, tivemos a oportunidade de encontrar pessoas que, infelizmente, também viveram isso”, revelou o atacante em entrevista.

Aos 35 anos, Keirisson ainda luta para superar a dor da perda do filho. O jogador está sem equipe e passa por problema de depressão. “Na época nós não tínhamos muita informação, mas já estava em 2013, 2014, não tinha muito disso sobre depressão, mas lembrando posso confessar que pode ter passado ali um problema, sim, de escuridão, se posso dizer as palavras assim”, afirmou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O atacante disse que deu uma pausa na carreira para cuidar da família e não se arrepende da decisão tomada. “Sou grato por essa decisão porque fez com que realmente a gente tivesse essa unidade em casa, tivesse essa conexão maior. São decisões que todo tempo a gente tem que tomar na vida. E quando a gente tem as prioridades definidas, aquilo que tem valor fica mais fácil de decidir”, finalizou.

Comentários estão fechados.