Ganhava só R$ 12 mil de salário no Cruzeiro e agora pode voltar por empréstimo

Como todos bem sabem, o empresário Pedro Lourenço assumiu o comando da SAF do Cruzeiro. Aliás, a chegada de Pedrinho não foi a única novidade no clube durante esta semana. Afinal de contas, não custa lembrar que Alexandre Mattos também foi anunciado como novo diretor de futebol da Raposa

Aliás, Mattos já terá trabalho pela frente. Após definir os nomes para compor o departamento celeste, ele irá se debruçar no mercado da bola, visando a janela que se abre no meio do ano, para reforçar o elenco do Cruzeiro durante o segundo semestre da temporada. 

Mattos terá a sua primeira grande missão no Cruzeiro

Inclusive, um antigo nome ligado ao Cruzeiro e a Alexandre Mattos voltou a ser assunto no clube. A saber, trata-se do jovem Vitor Roque. Revelado nas categorias de base da Raposa, o jovem entrou em campo pela primeira vez como profissional com a camisa celeste. No entanto, em abril de 2023, deixou o clube e acertou sua ida ao Athletico, onde Mattos trabalha na época. 

A negociação até hoje é sentida pelo Cruzeiro. Vitor Roque deixou o clube mediante o pagamento da multa rescisória. O valor é calculado com base no salário do atleta no clube. O atacante recebia apenas R$ 12 mil e, portanto, foi vendido por R$ 24 milhões. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Para se ter apenas uma ideia, pouco mais de um ano depois de deixar o Cruzeiro, Vitor Roque foi vendido ao Barcelona em uma negociação que pode chegar a R$ 400 milhões. Acontece que o atleta não tem tido espaço no time e, inclusive, Xavi deu a entender que ele será negociado por empréstimo no fim da temporada europeia. Uma volta ao Brasil não está completamente descartada, apesar de distante. 

Comentários estão fechados.