Galvão Bueno surpreende e faz desabafo emocionante sobre sua relação com Felipão

O narrador Galvão Bueno, histórico jornalista da TV Globo, que deixou a emissora após três décadas no final de 2022, surpreendeu todos os apaixonados do futebol nos últimos dias ao fazer desabado emocionante sobre a sua relação com Felipão, treinador da Seleção Brasileira na conquista da Copa do Mundo de 2002.

Em entrevista ao programa Roda Vida, da TV Cultura, Galvão Bueno comentou da reação após a derrota por 7 a 1, na Copa do Mundo de 2014. Galvão afirmou que não poderia pegar leve com o treinador, visto que o resultado foi um vexame nacional.

“O Felipão diz que eu apontei o dedo do país contra ele. Podia ser mais bonzinho? Não, não podia. Era o fato. Era o momento. Era aquilo que estava acontecendo. Não fiz nada contra ele. Se ele não quer mais falar comigo, lamento”, disse Galvão.

Apesar de não serem amigos de visitar a casa um do outro, Galvão contou que já convidou o treinador para ir a sua casa. “Foi uma tragédia. Dentro dos limites do que é uma tragédia no futebol. Não é uma tragédia como  acontecendo na Rússia e Ucrânia, não é uma tragédia como acontece entre Israel e Hamas, não é uma tragédia como o que aconteceu no Rio Grande do Sul”, completou Galvão.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O Cruzeiro volta a campo nesta quarta-feira (3), contra o Criciúma, em Criciúma, no Heriberto Hulse, às 20 horas, pela décima terceira rodada do Brasileirão. A Raposa vem de derrota para o Flamengo por 2 a 1 no Maracanã, ficou com 20 pontos e está na sétima colocação da Série A.

Comentários estão fechados.