Gabigol é suspenso por dois anos do futebol após tentativa de fraude

O atacante Gabigol, do Flamengo, foi suspenso nesta segunda-feira (25) por dois anos do futebol após tentativa de fraude em exame de doping. O jogador foi punido em tribunal por 5 votos a 4 e está fora das partidas até abril de 2025. A punição começou a contar a partir da coleta do exame, realizada em abril de 2023. O caso ainda cabe recurso, mas a alteração do resultado é de chances baixas.

Gabriel Barbosa foi acusado por infração ao artigo 122 do Código Brasileiro Antidopagem, que se refere a “fraude ou tentativa de fraude de qualquer parte do processo de controle”. O atacante teria se recusado a realizar o exame, se escondendo dos técnicos da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), que foram ao CT do Flamengo, no Rio de Janeiro, para realizaram os exames de surpresa.

Gabigol, segundo a denúncia apresentada pela procuradoria, não gostou de ter sido sorteado e dificultou o trabalho dos profissionais. Ele não teria feito a coleta quando solicitado, indo almoçar antes, teria se irritado quando foi acompanhado ao local para urinar e não teria lacrado o recipiente, como pede o protocolo.

Em nota publicada nas redes sociais, o Flamengo disse estar surpresado com a punição ao jogador e afirmou que vai colaborar em recurso, já que não concorda com a decisão do tribunal.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“O Clube de Regatas do Flamengo, tomando conhecimento do resultado do julgamento do seu atleta Gabriel Barbosa, no sentido de aplicação de pena de suspensão de 2 anos, até abril de 2025, por 5 votos pela condenação e 4 pela absolvição, vem a público dizer que recebeu com surpresa a referida decisão e que auxiliará o atleta na apresentação de recurso à Corte Arbitral do Esporte (CAS), uma vez que entende que não houve qualquer tipo de fraude, nem mesmo tentativa, a justificar a punição aplicada.”, disse a nota.

Comentários estão fechados.