Foi de ralo? Chances de Libertadores e Sul-Americana caem para o Cruzeiro

A derrota do Cruzeiro para o Fluminense por 1 a 0 na última quarta-feira (20), no Maracanã, frustrou as expectativas da torcida do Cabuloso, que esperavam um segundo resultado positivo seguido para continuar com o sonho vivo de uma vaga para a Copa Libertadores de 2024.

Com a derrota para o time carioca, o Cruzeiro permaneceu com 29 pontos conquistados no Brasileirão em 24 rodadas disputadas. Na 11° colocação na tabela, a Raposa está na zona de classificação para a Copa Sul-Americana, mas vê o pelotão da Libertadores distante.

A primeira equipe na zona de classificação da Libertadores é o Flamengo, que empatou com o Goiás na rodada em 0 a 0, e tem 40 pontos, 11 a mais que o time de Zé Ricardo. Ao mesmo tempo, o Cabuloso precisa ficar de olho na zona de rebaixamento, que tem gordura de cinco pontos para o santos, primeiro time na zona da degola.

De acordo com levantamento produzido pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a Raposa tem apenas 1,4% de chance de conseguir classificação para a Copa Libertadores, contra 9,9% de chance de ser rebaixado para a Série B.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Na entrevista coletiva após a derrota para o Fluminense, o técnico Zé Ricardo comentou com à imprensa das dificuldades da equipe em chegar ao setor de ataque. “Nós não conseguimos conectar a nossa saída para o ataque, não conseguimos finalizar”, disse o treinador.

A Raposa vai ter um bom tempo de preparação para a próxima partida, que acontece no dia 1 de outubro, contra o América-MG, no Mineirão. Por causa da final da Copa do Brasil e das semifinais da Copa Libertadores e Sul-Americana, o Cabuloso terá tempo para aperfeiçoar os pedidos do técnico de olho na vitória.

Comentários estão fechados.