Fez pouco caso e DISSE NÃO ao Cruzeiro, agora vai reforçar o Corinthians

Durante a temporada do ano passado, o Cruzeiro se viu em uma situação complicada após demitir Pepa, que deixou o cargo em agosto. Naquela altura do Brasileirão, o time ainda estava no meio de tabela, mas os resultados eram desanimadores. 

No processo de busca por um novo treinador, alguns nomes foram consultados, dentre eles o de António Oliveira, que recusou a oferta para seguir no Cuiabá. A diretoria celeste então anunciou Zé Ricardo, que não deu certo e deixou o clube pouco tempo depois. 

O fato é que António Oliveira aceitou a proposta do Corinthians e vai assumir o time paulista após a saída de Mano Menezes. O alvinegro arcou com a multa de R$ 1,1 milhão para tirá-lo do Cuiabá e assinou com o comandante até dezembro de 2024. Por outro lado, há no acordo uma cláusula para renovação por mais um ano caso a equipe conquiste uma vaga na Libertadores de 2025. 

Negou o Cruzeiro e foi a segunda opção do Corinthians

Vale dizer que António foi a segunda opção do Corinthians, que negociou e tinha tudo acertado com Márcio Zanardi, do São Bernardo. No entanto, a negociação foi por água abaixo quando o alvinegro ficou sabendo que o treinador não poderia comandar o time no Paulistão. Isso porque há uma regra que proíbe o mesmo profissional atuar por dois clubes na mesma edição do torneio. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Do lado do Cruzeiro, após assegurar a permanência na elite nacional e, de quebra, uma vaga na Sul-Americana deste ano, o clube anunciou a chegada de Nicolás Larcamón. Sob o comando do técnico argentino, a Raposa ainda não perdeu: foram duas vitórias e um empate em três jogos

O Cruzeiro voltará a campo nesta sexta-feira (9), às 16h30, para encarar o Patrocinense, em jogo da quarta rodada do Estadual. A partida será disputada no Mineirão.

Comentários estão fechados.