Fernando Seabra precisou ouvir recado direto de Pedro Lourenço no Cruzeiro

Fernando Seabra foi contratado, ou melhor, recontratado pelo Cruzeiro ainda sob a gestão de Ronaldo. O treinador voltou ao clube estrelado para assumir o cargo deixado por Nicolás Larcamón. No entanto, logo após o anúncio do regresso à Toca da Raposa, o clube confirmou a mudança no quadro associativo: saiu o Fenômeno e chegou Pedro Lourenço. 

O novo dono da SAF do Cruzeiro foi apresentado pelo clube no dia 29 de abril. De lá para cá, a diretoria passou a trabalhar nos bastidores e fazer algumas mudanças importantes, em especial internamente. No entanto, Fernando Seabra recebeu um recado de Pedro Lourenço, que o garantiu continuidade no time, mas fez questão de definir os seus limites. 

Fernando Seabra recebeu ordem de Pedro Lourenço no Cruzeiro

De acordo com Pedro Lourenço, o Cruzeiro não contratará jogadores a pedido do comandante. Segundo ele, o treinador deve dirigir os jogadores que a diretoria entende terem condições de contratar para jogar no time celeste. 

“Falei com o Seabra: ‘Você vai ser o técnico dos jogadores que a gente achar que são bons, que tem dedicação. Eu não vou trazer um jogador que o técnico quer’. O técnico tem que dirigir os jogadores que a gente acha que tem condição de jogar no Cruzeiro. Depois, eles (técnicos) vão embora, e a gente fica com a batata quente aí”, revelou à Band.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ainda em tempo, não custa lembrar que, desde a chegada de Pedro Lourenço, o clube mineiro confirmou três contratações. O primeiro deles foi o goleiro Cássio, que, após rescindir com o Corinthians, assinou o vínculo definitivo com o Cruzeiro. 

No início desta semana, mais dois anúncios. O Cruzeiro oficializou a contratação do atacante Kaio Jorge, ex-Juventus, e, de quebra, confirmou um acordo com o Independiente del Valle, do Equador, para a compra em definitivo do centroavante Lautaro Díaz, que é esperado em Belo Horizonte nos próximos dias.

Comentários estão fechados.