Ex-jogador diz que Ronaldo Fenômeno fazia companheiros de profissão passar vergonha

Gestor da SAF do Cruzeiro, Ronaldo Fenômeno começou o ano de 2024 discreto, longe dos holofotes, mas voltou ao noticiário após lenda do Milan rasgar elogios ao ex-jogador brasileiro. Alessandro Costacurta, que enfrentou Ronaldo nos tempos de Inter de Milão, elegeu R9 como o adversário mais difícil de enfrentar e marcar.

Em visita ao Brasil, Costacurta fez a revelação e lembrou de como era complicado para o atacante, que na época tinha apenas 21 anos e era o melhor do mundo pela France Football. Lendário jogador do Milan, Costacurta está atualmente com 57 anos.

“O (Ronaldo) ‘Fenômeno’! Ronaldo ‘Fenômeno’! Para mim, o maior de todos os tempos. Se você fizesse a mesma pergunta aos zagueiros da minha geração, Maldini, Cannavaro, Nesta, todos nós responderíamos a mesma coisa. Ronaldo era forte… fazia com que os defensores passassem vergonha, não dormíamos muito bem nas vésperas dos confrontos com ele. E não é uma piada. Ronaldo ‘Fenômeno’, para nós, foi o maior”, disse o italiano.

Ainda na entrevista, Costacurta falou da quantidade de jogadores que o futebol brasileiro enviou a Itália, onde muitos atuaram e fizeram história pelo Milan. “O futebol brasileiro sempre foi um presente para nós. Tínhamos muitos companheiros brasileiros. Para nós, é um futebol divertido e vencedor. Vocês sabem quantos brasileiros jogaram comigo no Milan”, afirmou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“O melhor futebol era jogado inicialmente pelos holandeses, porque eram europeus, e depois pelos brasileiros. Eu tive vinte companheiros brasileiros, então para nós o futebol brasileiro era o improviso e também vencedor, mas acima de tudo lindo”, finalizou o ex-zagueiro. No elenco atual do Milan não há nenhum brasileiro.

Comentários estão fechados.