Estrutura de trabalho montada por Ronaldo é amplamente enxugada por Pedro Lourenço no Cruzeiro

O ex-jogador e empresário Ronaldo Fenômeno assumiu a gestão da SAF do Cruzeiro no final de 2021 com a dura missão de organizar a casa, tirar a equipe da Série B e reduzir as dívidas. Com trabalho satisfatória, R9 deixou o comando do clube em abril de 2024, deixando a posição para Pedro Lourenço, que vem implementando novos processos e tomou ação inesperada nos últimos dias.

No comando do Cruzeiro desde o final de abril, Pedro Lourenço vem fazendo mudanças no organograma da SAF, diminuiu a quantidade de colaboradores na administração e enxugou estrutura montada por Ronaldo. A ideia de Pedrinho é repetir o método usado nos Supermercados BH, rede que Pedrinho é dono.

Pedro Lourenço vai implementar gestão com menos posições, deixando apenas cargos estratégicos, que terá como os protagonistas ele, Pedro Júnior e Alexandre Mattos. “No comercial, o Bruno (Oliveira, filho de Pedro Lourenço) vai cuidar, não vamos ter mais diretor. Tinha um diretor de marketing, um gerente e dois funcionários. Nunca vi um diretor e um gerente para dois funcionários”, disse Pedrinho.

“Não vamos ter essas funções. Eliminamos diretor de estratégia, diretor comercial, diretor de marketing, diretor financeiro, gerente de sócios… eliminamos sete diretores.”, complementou o gestor da SAF. Pedrinho está colocando pessoas da sua confiança, que já atuam no supermercado, para dentro do Cruzeiro.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Será uma empresa familiar, com toda a família envolvida no processo. Compramos por amor, não para vender em quatro, cinco, anos. O Cruzeiro será herdado pelos meus filhos e meus netos”, contou Pedro Júnior, filho mais velho de Pedrinho.

Comentários estão fechados.