Este é o motivo pelo qual o Cruzeiro recusou meia de R$11 milhões

Nas vésperas da abertura da janela de transferências pela CBF, o Cruzeiro segue em busca de um camisa 10 para o restante da temporada. Recentemente, o nome de Ricardo Goulart, que rescindiu com o Santos, foi muito ventilado na mídia. Além dele, a equipe mineira também sondou o meia Daniel Bessa. Ambos os casos não avançaram por um fator: dinheiro.

Na verdade, para ser justo, a falta dele. No caso de Goulart, ídolo celeste, as pretensões salariais não correspondem com a atual condição do clube. Daniel Bessa, por sua vez, que encerrou seu contrato com o Verona, da Itália, tem valores muito acima do esperado pelo Cruzeiro. 

Há negociação em jogo?

O meio-campista, de 29 anos, foi oferecido ao Cruzeiro, mas as tratativas do jogador com a Raposa não evoluíram. Revelado pelo Athletico, o atleta construiu boa parte da sua carreira por entre grandes clubes do futebol europeu. 

De acordo com informações do jornalista Samuel Venâncio, setorista do Cruzeiro, a diretoria celeste teria ‘se assustado’ com os valores da negociação e, por isso, descartado qualquer conversa para trazer Daniel Bessa à Raposa. Destaca-se que o jogador está livre no mercado.

No entanto, muito dificilmente o meia-armador virá para o Brasil. Isso porque, o atleta teria um valor de mercado estimado em pouco mais de R$11 milhões. Ou seja, deve permanecer no futebol europeu, ou buscar algum time no mundo árabe, no continente asiático. 

Daniel Bessa acumula passagens por grandes equipes do futebol europeu, em especial na Itália, como Inter, Vicenza, Bologna e Genoa. Além disso, o meia ítalo-brasileiro também passou por Sparta Roterdã, na Holanda, e Olhanense, de Portugal.

Ao que tudo indica, o Cruzeiro não vai desistir da contratação de um meio-campista para reforçar o time na temporada, sabe-se, inclusive, que Pedro Lourenço, dono da rede Supermercados BH, pode ajudar o clube com algum tipo de investimento. A situação, no entanto, até o momento, não foi conversada diretamente com Ronaldo. 

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.