Dívida de R$258 mil do Cruzeiro com rival é exposta e torcida se preocupa

Ao ser perguntado sobre uma possível vinda de Neymar ao Cruzeiro, Ronaldo, em tom de ironia, respondeu: “estamos com pouca dívida, né? Contrair mais uma, tranquilo”. De fato, são muitas. Recentemente, o clube mineiro teve o seu pedido de recuperação judicial acatado pela Justiça

No documento, nota-se que a equipe estrelada tem pelo menos duas grandes dívidas: uma com Deus e a outra com o mundo. Brincadeiras à parte, no plano de credores celeste, isto é, a quem o Cruzeiro deve, aparecem 26 equipes de futebol. A soma dos valores, apenas dos clubes, é superior a R$34 milhões.

Veja a quem o Cruzeiro não deve

Ao todo, as dívidas celestes englobadas no processo têm um valor de R$537 milhões, no entanto, se considerar todos os déficits do Cruzeiro, a cifra supera a casa do bilhão. Com o aceite para que o clube entrasse em processo de recuperação judicial, as ações de execução contra o equipe serão suspensas nos próximos 180 dias.

Entre os clubes de futebol, apesar de não ser a maior dívida, o Cruzeiro tem um adversário direto na busca pelo acesso à elite do futebol nacional como um dos credores. Trata-se do Vasco que tem um valor de R$258,6 mil a receber da Raposa. A ESPN teve acesso ao documento. 

O  maior credor do Cruzeiro é o Vitória, da Bahia, com direito a receber, de acordo com o documento, R$8 milhões. O texto não especifica a origem da dívida, mas sabe-se que o clube mineiro teve problemas com o pagamento da contratação do atacante David, em 2018. 

A segunda maior dívida da equipe é com o Ajax: R$5,8 milhões. A cifra é referente ao lateral Orejuela. Outro processo milionário do Cruzeiro envolve o  Ubaense Esporte Clube, para quem a equipe mineira deve R$2,27 milhões, referentes ao zagueiro Cacá.

Em resumo, eis a lista de credores do Cruzeiro: Santa Cruz, Volta Redonda, Desportivo Brasil, Palmeiras, Athletico-PR, Portuguesa, São Paulo, Corinthians, Atlético-GO e Red Bull Bragantino. Esse é o cenário catastrófico deixado por antigas gestões da equipe mineira.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.