Daniel Alves não surpreende ninguém: sua futura profissão foi revelada

Condenado há 4 anos e meio de prisão em primeira instância na justiça da Espanha pelo estupro de uma mulher em uma boate Barcelona, Daniel Alves decidiu encerrar a carreira como atleta profissional. Vale a lembrança de que o ex-jogador conseguiu a liberdade provisória e responderá pelo crime em liberdade. A decisão de abandonar o esporte foi noticiada pelo jornal El País.

No entanto, a publicação informa ainda que Daniel Alves quer continuar trabalhando no meio do futebol. O brasileiro, contudo, terá que aguardar o desfecho do julgamento e cumprir a pena que lhe será passada na Espanha. A defesa do jogador entrou com recurso pedindo a sua absolvição.

Por outro lado, o Ministério Público da Espanha e os advogados da vítima pediram pena máxima Daniel Alves. O caso deve ser retomado ainda neste mês de abril.

Daniel Alves espera julgamento para bater o martelo

Antes de ser preso, Daniel Alves esteve por último no Pumas, do México. O clube, porém, rescindiu de forma unilateral O contrato após a condenação e, de quebra, ainda pede uma indenização pelos danos causados.

Como mencionado, Daniel Alves foi condenado a 4 anos e meio de prisão por agressão sexual a uma jovem em uma boate em Barcelona, na noite do dia 30 de dezembro de 2022. Além disso, o brasileiro cumprirá mais cinco anos de liberdade vigiada e terá que pagar uma indenização de 150.000 euros e as custas do processo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por fim, a Justiça da Espanha deu liberdade provisória ao jogador com o pagamento da fiança. Condenado em primeira instância, o brasileiro foi liberado ao arcar com uma fiança no valor de 5,4 milhões. 

Comentários estão fechados.